Paisajes de Los Andes Cabernet Sauvignon

Paisajes Cabernet Sauvignon : aromas limpos de ameixa madura, geléia de mirtilo, especiarias e notas vegetais. A breve passagem em madeira traz aromas discretos de chocolate e café. Em boca tem médio corpo, seco com boa acidez e taninos finos.

Um Cabernet Sauvignon macio, versátil e fácil de gostar. A boa estrutura em boca surpreende, é o mais encorpado da linha dos Paisajes de los Andes. Aqui a idéia do projeto se concretiza na taça, mostra a expressão varietal da fruta. Um Cabernet Sauvignon com muita tipicidade.

Paisajes de los Andes é um projeto destinado ao mercado brasileiro, feito sob medida por Gabriel Edwards, da Clos de Luz. São vinhos leves, alegres e com o frescor da fruta muito presente em todas as variedades. Os vinhedos estão localizados no Valle Central, mais precisamente em Cachapoal e Colchagua, com influência dos Andes e das brisas da Costa devido a grande extensão do Valle. O clima é Mediterrâneo semi-árido com dias quentes e noites frescas, solos que variam entre argila, calcário e areia.

Nuevo Mundo De Martino

Elaborados pela conceituadíssima De Martino, a linha de vinhos Nuevo Mundo é uma proposta de vinho descomplicado, perfeito para o dia a dia, e com o diferencial de ser elaborado com uvas de cultivo orgânico, conceito de mínima intervenção, utilização de leveduras nativas e sem passagem por carvalho. Disponível nas opções Cabernet Sauvignon, Carmenere e Sauvignon Blanc, são vinhos fáceis de beber e versáteis!

Ventolera Litoral Pinot Noir

Pinot Noir estruturado, com boa concentração de fruta madura e notas de evolução. Solos compostos por uma combinação de dois terroirs, granítico e aluvial. A produção da parreira tem vigor muito controlado com a poda e as folhas são posicionadas para proteger os cachos da grande quantidade de raios solares. Não filtrado nem clarificado, o amadurecimento acontece em barricas de carvalho que foram produzidas com madeiras escolhidas a dedo pelo Stefano Gandolini.

Coloração rubi profundo, com aromas de cerejas negras em compota. A passagem por madeira deixa notas terrosas de borra de café, chá preto e baunilha. A evolução em garrafa traz taninos delicados e notas terrosas de balsâmico e fumo de corda. Em boca é seco, com boa acidez e de corpo médio.

Não espere por um Pinot Noir levinho, é um vinho que mostra a concentração de fruta proveniente do clima frio com boa textura em boca. A safra 2014 mostra uma linda evolução em garrafa com aromas terciários de fumo de corda e folhas secas.