Pencopolitano Pedro Parra

Uma interpretação brilhante de Itata através de suas variedades mais importantes, a Cinsault e a País. Ambas de antigas vinhas em solos de granito nessa zona do sul do Chile, que hoje passa por uma série redescoberta. Aqui estão as deliciosas e frescas frutas da Cinsault suportadas pelo lado tânico e rústico da País. As duas formam um delicioso vinho tinto, cheio de vida e frescor!

Pedro Parra é um dos maiores especialistas em solo, com enorme destacaque no mundo do vinho e hoje é consultor importante de algumas das mais famosas denominações do mundo! Esse projeto é um retorno às suas raizes, baseada em antigas vinhas de Itata, onde Parra obtém vinhos com forte caráter local.

GY Michelini i Mufatto 96 pontos Descorchados

Gy é o apelido da região Gualtallary, uma abreviação poética do nome. As uvas deste blend tinto são provenientes de três parcelas de diferentes alturas, todas em Gualtallary. Elas são co-fermentadas em cubas de madeira onde passam 18 meses. Depois descansam 6 meses em garrafa para sair ao mercado. Cultivo orgânico em solo franco arenoso e pedregoso, leveduras indígenas e baixa intervenção nos processos.

Vermelho rubi com reflexos violáceos de média intensidade. Nariz limpo e intenso trazendo muita concentração de fruta em primeiro plano. Notas de amoras maduras, com uma mistura de ervas secas como tomilho, eucalipto e lavanda. Em boca tem corpo de médio para encorpado com excelente acidez e taninos muito finos.

Mesmo com 18 meses de estágio em madeira, os aromas de fruta permanecem em primeiro plano com muita força, repercutindo a essência do projeto.

Pedra Cancela Seleção do Enólogo 96 pontos Decanter

Pedra Cancela já pode ser considerada um novo ícone regional. Para Pedro Garcias, crítico do jornal Público, de Portugal, seus vinhos, em especial os tintos, expressam como poucos o terroir desta zona central e de muita importância para o vinho português. Esta safra de 2016 destaca-se por ter recebido espetaculares 96 pontos no Decanter Wine Awards, um feito e tanto para vinhos da sua faixa de preço, e ainda foi eleito um dos best buy pela Wine Enthusiast, que o avaliou com ótimos 92 pontos. 

Com seis meses de passagem por carvalho, propõe um perfil mais moderno do Dão sem abdicar da tradição. Esta se vê, sobretudo, nas variedades, um corte das variedades Touriga Nacional – aportando aroma floral, volume e sabor intenso, Tinta Roriz – contribui com a estrutura, nota picante e aroma de frutas vermelhas, e Alfrocheiro, que lhe dá cor e frescor.

Em boca, é extremamente macio, com notas de ameixa madura, cerejas e um toque de cacau. Com ótimo volume, é bastante agradável, o faz companhia perfeita para pratos de carne vermelha assada, como cordeiro e fraldinha.